Viúva diz que MC Kevin não pularia ‘sem um estímulo, sem alguém falando algo’

A advogada Deolane Bezerra falou sobre os momentos que antecederam a morte do funkeiro

A advogada e viúva do MC Kevin, Deolane Bezerra, em entrevista à TV RecordLucas Menezes

Rio – A advogada Deolane Bezerra, viúva do MC Kevin, disse em entrevista nesta quinta-feira que o marido deve ter tido algum estímulo para pular da varanda do hotel na Barra da Tijuca. Segundo a mulher, em entrevista exibida no programa “Balanço Geral”, da Record TV, o funkeiro não teria se jogado só por medo de que ela o flagrasse na cama com uma amante.

“Eu acredito que ele saberia contornar a situação e me levar embora. Não acredito que ele pularia dali. Eu não sei. Eu acredito que ele não pularia dali sem um estímulo, sem alguém falando algo. E, do jeito que é relatado nos depoimentos, não traz uma fundamentação para o ato. Não tem nada que mostre: ‘foi por isso'”, comentou Deolane em entrevista feita pelo jornalista Roberto Cabrini.

A viúva do MC Kevin reforçou no trecho que estava dormindo em um apartamento, no 11º andar do mesmo hotel, quando tudo aconteceu. Seis andares abaixo, contudo, segundo investigações, o funkeiro e amigos tiveram uma noite regada a muita bebida, drogas e sexo. A mulher que estava com Kevin no momento em que ele tentou descer pulando pela varanda era a modelo Bianca Dominguez.

Em seu depoimento, Bianca conta que foi convidada para ir ao apartamento na Av. Lúcio Costa, após conversa com um amigo do funkeiro, o MC VK, Victor Elias Fontenelle. No local, a mulher teria feito sexo com os dois e, em dado momento, um terceiro amigo de Kevin teria entrado no local e alertado ao artista sobre a chegada de alguém no apartamento. Nesse momento, Kevin teria ido para a varanda de onde caiu. O caso aconteceu no dia 16.

Para Deolane, a história envolvendo a morte do músico ainda carece de detalhes. Ela suspeita que tenha ocorrido uma briga no quarto antes de o funkeiro ter caído. “Houve briga, porque o VK (o MC VK, Victor Elias Fontenelle, um dos amigos de Kevin) usou a camisinha e ele queria pagar o suposto programa”, disse.

Questionada sobre como reagiria a um possível flagrante de traição naquela noite, Deolane comentou que teria: “Batido palma e falado: ‘você me perdeu’. Eu nunca teria ido para cima dele. Porque eu não tenho força com o Kevin. A gente não saía na mão, como no ditado popular. A gente não se agredia”, concluiu.

Próximo Post