20 °c
Nilopolis

Vídeo: moradores relatam medo após onda de furtos em condomínio da Zona Norte

Câmeras de segurança registraram um homem invadindo um prédio e furtando bicicleta e televisão. Em menos de duas semanas, o local já sofreu duas tentativas de assalto

‘Câmeras de segurança registram ação de criminoso em condomínio da Zona NorteDivulgação

Rio – Moradores de um condomínio na rua Araújo Lima, no bairro de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, estão sofrendo com constantes furtos há mais de duas semanas. Um homem, sem identificação até o momento, tentou por duas vezes invadir o mesmo condomínio, situado no número 165, para praticar o crime. No dia 8 de maio, câmeras de segurança do edifício registraram um homem usando um casaco com capuz para esconder o rosto, arrombando o portão de entrada e furtando duas bicicletas e, em seguida, uma televisão. Na madrugada desta terça-feira (18), dez dias depois dos furtos, o homem retornou ao local para roubar mais bicicletas de moradores.

No entanto, já alarmado e com medo da onda de furtos, o porteiro, que não quis se identificar, relatou que o assaltante não conseguiu roubar nada do condomínio pois está mantendo os portões trancados com cadeados. O porteiro conta que a região é consideravelmente tranquila, mas que está percebendo um aumento da violência. “Há uns dois anos tínhamos muitos arrastões e roubos eventuais de carros. Não era comum termos tantas tentativas de furtos dentro dos condomínios”, conta o funcionário.

Segundo ele, além deste edifício há outros quatro prédios na região que sofreram nas últimas semanas com furtos. “Roubaram também bicicletas nestes outros lugares, mas eles relataram que o homem estava acompanhado de uma mulher”. 

O síndico do prédio registrou um boletim de ocorrência na 20ª DP (Vila Isabel). A Polícia Militar informou que o comando do 6° BPM (Tijuca) teve acesso às imagens dos assaltos recentemente, e desde então, reforçou o policiamento na localidade.

A Polícia Militar reforçou também a importância das denúncias por parte da população por meio dos canais da Corporação, 190 e o Disque-Denúncia (21) 2253-1177,e por registros realizados em delegacia, para que os criminosos sejam identificados. O anonimato é garantido.

Estagiária sob supervisão de Thiago Antunes*

Próximo Post