20 °c
Nilopolis

Vereadora denuncia arma apontada para a cabeça durante abordagem da PM

Parlamentar relatou a situação em sua conta oficial no Twitter

Tainá de Paula denunciou ação violenta da PMReprodução/Redes Sociais

Rio – A vereadora Taina de Paula (PT) usou sua conta oficial do Twitter para relatar uma abordagem violenta da PM, realizada na noite desta quinta-feira (27). Segundo a parlamentar, que voltava para casa de carro, após sair da Câmara dos Vereadores, no Centro do Rio, policiais apontaram armas para a cabeça dos ocupantes do veículo depois de mandar todos saírem do automóvel. A ação aconteceu pouco depois das 22h.

“Quando passávamos pela Satamin uma moto se aproximou e não percebemos que era conosco, só percebemos quando a moto ligou a luz e fomos parando. Se aproximaram outras duas motocicletas e os policiais pararam o trânsito do local, impedindo que os motoristas passassem. Meu carro tem uma trava de segurança não abre na hora, na medida que os meus assessores saíram de trás, eles começaram a apontar as armas para a nossa cabeça”, contou.

A ação aconteceu na Tijuca, na Rua Dr. Satamini, a cerca de 800 metros de onde a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram assassinados, no dia 14 de março de 2018.

Depois de um dia cansativo na @camarario , acabo de ser parada por quatro motocicletas da #PMERJ com armas empunhadas e berros.

Segue 

— Tainá de Paula Dellabary (@tainadepaularj) May 28, 2021
Segundo Tainá, o carro utilizado era blindado e que por isso, não era possível abrir as janelas traseiras.

Berros de “mão na cabeça”, somos conduzidos coercitivamente para fora do carro. Meus assessores avisam que sou vereadora e mesmo com todos em choque, berros e ameaças.

— Tainá de Paula (@tainadepaularj) May 28, 2021
Questionada, a PM alegou que a vereadora deve informar a denúncia à Ouvidoria ou Corregedoria da corporação.

Via: O Dia
Próximo Post