Sindicato dos rodoviários inicia arrecadação de alimentos para a categoriaSindicato dos rodoviários inicia arrecadação de alimentos para a categoria

Desde o início da pandemia, a organização contabilizou o número de 7 mil demissões na categoriaDesde o início da pandemia, a organização contabilizou o número de 7 mil demissões na categoria

Rodoviários fazem paralisação após atrasos de salárioReginaldo Pimenta/Agência O Dia

Rio – O fechamento de mais de 17 empresas de ônibus nos últimos dez anos, no município do Rio, fez com que cerca de 20 mil postos de emprego fossem perdidos na área, segundo dados do Sindicato dos Rodoviários. Para se ter uma ideia, desde o início da pandemia esse número já chegou a 7 mil demissões. Diante disso, a direção da organização começou nesta segunda-feira (17) uma campanha com a finalidade de arrecadar alimentos que serão destinados aos profissionais.

De acordo com Sebastião José, presidente do sindicato, a crise financeira que atinge o sistema de transportes é muito mais grave do que se imagina, e a falta de atenção dos donos das empresas e dos consórcios com a categoria só piorou essa situação.

“Há muito tempo que estamos cobrando uma melhor condição de trabalho. A chegada da Covid-19 só fez agravar a situação e expor motoristas e cobradores ao vírus, o que já gerou 196 casos de profissionais contaminados e 56 óbitos. É preciso que as autoridades aumentem a fiscalização nos terminais e plataformas de embarque, principalmente do BRT, onde a aglomeração diária só aumenta”, apontou o presidente do sindicato.

Como doar

As pessoas físicas e empresas que quiserem colaborar com a campanha de doação de alimentos para os profissionais rodoviários podem enviar, das 9h às 17h, os donativos para as sedes do Sindicato dos Rodoviários nos locais abaixo:

– Rua Jaguaruna, 283, em Campo Grande;

– Rua Otaviano, 404, em Rocha Miranda;

– Rua Camerino, 66, no Centro da cidade;

– Rua Maia Lacerda, 170, na Tijuca.

Próximo Post