Secretaria Municipal de Educação autorizará nova medida de distanciamento nas unidades escolares

A regra, que teve o aval do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, começa a valer a partir de segunda-feira (14) e deve ser implementada até julho

Rio – Com aval do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, formado por cientistas e especialistas em Saúde, a Secretaria Municipal de Educação (SME) vai autorizar o distanciamento de 1 metro entre carteiras dentro das unidades escolares da cidade. A medida começa a valer a partir de segunda-feira (14) e deve ser implementada até julho.

Segundo a pasta, a recomendação do Comitê foi feita com base em novos estudos e análises científicas, como da Organização Mundial da Saúde. No último dia 10, a Vigilância Sanitária municipal emitiu nota técnica considerando “adequada e possível a utilização da distância mínima de 1 metro entre as carteiras dos estudantes”.

Com isso, o Protocolo Sanitário de Prevenção à Covid-19 foi atualizado e publicado no site da SME. A reunião do Comitê Científico aconteceu em 31 de maio, quando foi debatido um estudo feito em escolas públicas em Massachusetts, nos EUA.

A análise feita em unidades americanas comparou o impacto de políticas de distanciamento de 1 metro e 2 metros, mostrando que a diferença da distância recomendada não alterou o número de casos. Com isso, concluiu que políticas de distanciamento de 1 metro podem ser adotadas em escolas sem que a segurança da comunidade seja prejudicada.

“Além disso, o Comitê Científico levou em consideração diversos estudos internacionais publicados no segundo semestre de 2020 que reportaram níveis baixos de transmissão com 1 metro de distanciamento entre estudantes. A medida está em conformidade com a recomendação da OMS. No documento ‘Considerações para medidas de saúde pública relacionadas a escolas no contexto da COVID-19’, a OMS diz que independentemente do número de casos, o distanciamento mínimo deve permanecer de, pelo menos, 1 metro”, informou a pasta.

Via: O Dia
Próximo Post