quinta-feira, 28 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Ressaca causa prejuízos no Leblon; garis usam escavadeira para limpeza

De acordo com trabalhadores locais, durante a madrugada, as ondas conseguiram arrastar freezers e sofás dos quiosques para a pista

Rio – Uma forte ressaca do mar invadiu a pista Avenida Delfim Moreira, deixando um rastro de destruição na orla do Leblon, na Zona Sul do Rio, na madrugada desta sexta-feira. Nessa manhã, funcionários da Comlurb atuam no local com escavadeiras e caminhões para a retirada da areia trazida pelas ondas da faixa e a limpeza das calçadas.

 

Segundo trabalhadores do local, durante a madrugada, as ondas que alcançaram a via batiam na altura do joelho e continuam invadindo a pista nessa manhã. “Eu trabalho na orla do Rio há quatro anos, todo ano tem problema de ressaca, mas esse ano foi o pior, o mais pesado. A gente via freezer, sofá, coisas que precisam de duas a três pessoas para carregar, foram parar no meio da pista. A gente via a onda vir na altura do joelho. Foi terrível mesmo”, contou João Vitor da Silva, que trabalha como segurança no local.

“Chegou um determinado momento que a ciclovia desapareceu, se não fosse o trabalho da Comlurb, eles que estão aqui desde cedo, estaria pior. Acho que a pista teria sumido também. Desses quatro anos, esse foi o mais pesado. Teve outros bem fortes, mas essa se superou”, completou o segurança.

De acordo com o gerente de um dos quiosques da orla, os comércios não deverão abrir nesta sexta-feira. “Vamos fazer a limpeza para voltar a rotina diária. Hoje a gente não deve conseguir trabalhar, porque tem muita coisa para limpar e organizar, mas está tudo sob controle”, admitiu o gerente comercial Marlone Rodrigues.

De acordo com a CET-Rio, a Avenida Delfim Moreira seguia interditada, às 8h30, no sentido Ipanema, entre a Avenida Bartolomeu Mitre, por onde estava sendo feito o desvio do tráfego, e a Avenida Afrânio de Melo Franco, devido ao avanço do mar provocado pela ressaca.

Previsão para os próximos dias

Na última terça-feira, a Marinha do Brasil emitiu um alerta de ressaca para o Rio de Janeiro, que teria ondas de até quatro metros, com duração até este sábado. A previsão do tempo da capital também apontou nessa quinta-feira a possibilidade de ventania, com rajadas de até 70 km.

De acordo com dados do Clima Tempo, a cidade do Rio terá, nesta sexta-feira, a máxima de 20º C e mínima de 10º C, sem probabilidade de chuvas. O fim de semana segue com o tempo nublado, também sem previsão de chuva, mas ainda com temperaturas baixas, sendo a máxima de 23º C e mínima de 9º C.

Estagiária sob supervisão de *Gustavo Ribeiro

 

 

Via: O Dia

Próximo Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *