Responsáveis podem pedir autorização eletrônica de viagem para adolescentes

Nesta primeira fase, a AEV vale apenas para voos nacionais e, em breve, passará a valer para viagens internacionais, terrestres e hidroviárias

Rio – Pais de menores de 16 anos que precisam viajar sozinhos, com apenas um dos pais ou responsável podem fazer a Autorização Eletrônica de Viagem (AEV) a partir da próxima segunda-feira, 2 de agosto. Nesta primeira fase, a AEV vale apenas para voos nacionais e, em breve, passará a valer para viagens internacionais, terrestres e hidroviárias.

“A Autorização Eletrônica de Viagem é mais um passo do notariado brasileiro em prol do cidadão, mantendo a reconhecida segurança jurídica proporcionada pela atividade notarial aliada aos serviços digitais, uma demanda cada vez maior da sociedade”, explicou o presidente do Colégio Notarial do Brasil- Seção Rio de Janeiro, José Renato Vilarnovo.

Para ter acesso a esse benefício, basta fazer o procedimento de reconhecimento de firma por videoconferência e levando o documento de forma física ou digital para validar no guichê da companhia aérea, via leitura de QR Code no celular ou no papel. A mudança evita perdas de documentos durante a viagem, além de deixar os dados sempre atualizados. Desta forma, se torna possível que os responsáveis consigam cancelar a permissão à distância. 

O modelo físico da permissão continuará disponível para os responsáveis. Ele é realizado a partir do reconhecimento de firma, que deve ser feito presencialmente pelos pais ou responsáveis do adolescente, com um formulário que deve ser levado preenchido e impresso. 

Via: O Dia
Próximo Post