Remessas de IFA chegam ao Rio para produção da vacina da AstraZeneca

Matéria-prima foi encaminhada à Fiocruz, que tinha interrompido os trabalhos

Carregamento que chegaria em 29 de maio foi antecipadoDivulgação/Ministério da Saúde

Rio – Duas novas remessas de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção de 12 milhões de vacinas da AstraZeneca desembarcaram às 17h54 deste sábado (22) no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. O insumo foi encaminhado às instalações da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com a chegada do material, a Fiocruz vai poder retomar os trabalhos de produção no Instituto de Tecnologia de Imunobiológicos, interrompidos desde quinta-feira (20) por falta de matéria-prima.

A previsão inicial era de que apenas um dos dois lotes chegaria neste sábado, mas a Fiocruz e o Ministério da Saúde conseguiram antecipar o outro carregamento que chegaria somente no dia 29 de maio. Em uma publicação nas redes sociais, a pasta afirmou que, segundo o Our World in Data, o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial dos países com mais pessoas que receberam pelo menos uma dose das vacinas contra a covid-19.

Próximo Post