quinta-feira, 28 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Portal dos Procurados pede informações sobre envolvido em morte de PM na Baixada

Cabo Leonardo Sá da Silva foi assassinado após ter reagido a uma tentativa de assalto

Rio – O Portal dos Procurados divulgou, nesta quarta-feira (28), um cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) com informações que possam levar à identificação e prisão do criminoso envolvido na morte do cabo da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Leonardo Sá da Silva, de 39 anos, na manhã de hoje, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

O cabo foi assassinado após ter reagido a uma tentativa de assalto no Centro da cidade. O PM foi atingido com cinco tiros e chegou a ser socorrido para a Casa de Saúde Santa Terezinha de Jesus, também no Centro de São João, mas não resistiu aos ferimentos. Agentes da DHBF buscam informações e imagens de câmeras de segurança para identificar a autoria do crime.

O militar estava na corporação desde 2010 e atualmente estava lotado na Diretoria de Transportes da Polícia Militar (DTPM). Leonardo deixa esposa e um filho. Na noite desta terça (27), também foi assassinado o policial civil Marcelo dos Santos Cola, de 56 anos, que era lotado na Subsecretaria de Inteligência. Ele foi atingido por uma bala perdida, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, durante um confronto entre PMs e criminosos, no bairro Santa Rosa. Na ocasião, uma mulher também foi baleada.

Com a morte do cabo Leonardo e do agente Marcelo, chega a 45 o número de agentes de segurança mortos em 2021, sendo 32 da Polícia Militar, dois da Marinha do Brasil, dois do Exército, três da Polícia Civil, um da Guarda Municipal, um do Degase, dois agentes penitenciários, um sargento da reserva do Exército e um Policial Militar do Estado de São Paulo, morto em abril, em Barra Mansa.

O Disque Denúncia recebe informações sobre o caso pelo Zap do Portal dos Procurados pelo número (21) 98849-6099; pelos telefones (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, além do App Disque Denúncia RJ e também pelo inbox do Facebook e Twitter dos Portal dos Procurados. O anonimato é garantido.

PM foi baleado com cinco tiros e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos Divulgação/Portal dos Procurados

Via: O Dia

Próximo Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *