20 °c
Nilopolis

Polícia Civil reduz de 29 para 28 o número de mortos no Jacarezinho

O argumento é que um dos nomes foi inserido duas vezes na lista

Familiares de homens mortos no Jacarezinho no IML para a liberação dos corpos neste sábadoEstefan Radovicz / Agencia O Dia

Rio – A Polícia Civil reduziu de 29 para 28 o número de mortos no Jacarezinho, favela da Zona Norte da cidade, na última quinta-feira. Destes, 27 são classificados pela polícia como “criminosos”. A eles se soma o inspetor André Leonardo de Mello Frias, também morto na operação.

A informação de 29 mortos no Jacarezinho foi divulgada pela Polícia Civil neste sábado. Mas, no início da noite, o número foi revisto para 28. O argumento é que um dos nomes foi inserido duas vezes na lista.

“O equívoco aconteceu por conta de dois corpos que não estavam identificados no hospital, mas que já tinham sido identificados pela Delegacia de Homicídios, o que causou a contagem dupla”, informou a PCERJ, em nota divulgada pela sua assessoria de imprensa.

Veja a lista das 27 pessoas mortas na operação, cujos nomes ainda não tinham sido informados:

Richard Gabriel da Silva Ferreira
Luiz Augusto Oliveira de Farias
Jonathan Araújo da Silva
Jonas do Carmo Santos
Márcio da Silva Bezerra
Carlos Ivan Avelino da Costa Junior
Rômulo Oliveira Lúcio
Francisco Fábio Dias Araújo Chaves
Cleyton da Silva Freitas de Lima
Natan Oliveira de Almeida
Maurício Ferreira da Silva
Ray Barreiros de Araújo
Guilherme de Aquino Simões
Pedro Donato de Sant’ana
Isaac Pinheiro de Oliveira
Omar Pereira da Silva
Marlon Santana de Araújo
Bruno Brasil
Pablo Araújo de Mello
John Jefferson Mendes Rufino da Silva
Wagner Luiz Magalhães Fagundes
Matheus Gomes dos Santos
Rodrigo Paula de Barros
Toni da Conceição
Diogo Barbosa Gomes
Caio da Silva Figueiredo
Evandro da Silva dos Santos

Próximo Post