Polícia civil mata Ecko, líder da maior milícia do Rio de Janeiro 

Criminoso foi capturado durante uma operação sigilosa no bairro de Paciência, na Zona Oeste

Rio – Morreu na manhã deste sábado (12), Wellington da Silva Braga, o Ecko, um dos maiores milicianos do Rio de Janeiro, durante uma operação da Polícia Civil no bairro de Paciência, na Zona Oeste do Rio. Ele havia chegou a ser socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos feridos e morreu. Informações iniciais apontam que Ecko foi levado para o Hospital Miguel Couto. 

Ele havia sido capturado neste sábado (12) durante uma operação da Polícia Civil. Ecko lidera a maior milícia do Rio de Janeiro, que atua na Zona Oeste e regiões da Baixada Fluminense.

Próximo Post