Polícia Civil da Paraíba prende um dos líderes da milícia da Gardênia Azul

Almir Rogério Gomes da Silva é acusado de ter matado um homem a tiros em 2018 em uma festa

Rio – A Polícia Civil da Paraíba prendeu, nesta quarta-feira, o chefe da milícia da Gardênia Azul e do Morro do Tirol, na Freguesia, Zona Oeste. Almir Rogério Gomes da Silva foi encontrado com mais um homem, que não foi identificado, no município de Queimadas, na Paraíba.

Em nota, a Polícia Civil do Rio afirmou que vinha monitorando as movimentações do miliciano. A corporação espera que ele o outro preso sejam enviados para o Rio de Janeiro ainda nesta quinta-feira, 29. Ao O DIA, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ) confirmou que foi informado da prisão do miliciano.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) pediu a prisão de Almir por um crime que aconteceu em 2018. Na época, Almir, José Inácio de Almeida Vieira, Leonardo Pereira de Oliveira e Marcelo Mattos da Silva mataram Eliezio Victor dos Santos Lima a tiros por brigar com a companheira em uma festa na Gardênia Azul. 

Via: O Dia
Próximo Post