Perfil fake aplica golpes nas redes sociais ao pedir doação usando nome do pai de Henry Borel

Leniel Borel alertou os seguidores sobre a fraude que promete quadros assinados por ele em troca de doações em dinheiro

Rio – O pai do menino Henry Borel, Leniel Borel de Almeida, fez uma postagem de alerta e indignação nas redes sociais, neste sábado, após um perfil falso se passar por ele para pedir doações e vender quadros com a imagem da criança. Em um perfil do Instagram, identificado como ‘lenielboreloficial’, o fraudador usa, além do nome, a foto do engenheiro. O menino Henry Borel morreu na madrugada do dia 8 de março depois de ser levado pela mãe Monique Medeiros, e o padrasto, Dr. Jairinho, para o Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca. O casal alegou um acidente doméstico, mas teve a versão desmentida no percurso do inquérito policial. Ambos estão presos preventivamente pela morte do menino.

Próximo Post