Músico está entre as vítimas de ataque a tiros em bar no Terreirão

Disparos atingiram outras duas pessoas que também morreram

Rio – Um músico está entre os mortos do ataque a tiros em um bar no Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, nesta terça-feira. Jean Carlos dos Santos, de 22 anos, segundo a família, morava em Nova Iguaçu e tinha ido ao estabelecimento para negociar detalhes de uma apresentação ao vivo no local.

Além de Jean, outras duas pessoas morreram no ataque. Os parentes das vítimas estão no Instituto Médico Legal, desde o início da manhã desta quarta-feira, para o reconhecimento e liberação dos corpos. Em postagem nas redes sociais, a mãe do músico, Telma Cardoso.

“Não sei como descrever esse sentimento, mas sei de uma coisa: meu DEUS continua sendo fiel. E todo esse carinho q vejo as pessoas demonstrando pelo meu filho e por minha família vale muito”, disse a mãe do músico.

Ainda segundo postagem da mãe, o artista era o mais velho de quatro irmãos e conciliava a vida de músico com o trabalho de barbeiro. Jean não era casado, mas deixa uma filha de 4 anos.

A mãe da menina, Louíse Ferreira, também lamentou a morte precoce do ex-companheiro no Facebook e disse não saber como contará a filha sobre o ocorrido. “Não sei em que momento vou conseguir dizer a ela que vc já não está mais entre nós, o papai lindo dela se foi, aí que dor, como é difícil, poderia ser tudo tão diferente mas os planos de Deus são realmente diferentes dos nossos, vc continua vivo em minha memória e sempre vai estar”, 

Jean fazia apresentações em festas e costumava cantar pagode. Uma de suas últimas apresentações foi compartilhada no Facebook, nesta segunda-feira. 

 

O CASO

De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu após um tiroteio entre criminosos da região. Equipes do 31º BPM (Barra da Tijuca) foram acionadas ao local, e chegando na comunidade, constataram o fato. A área é dominada por milicianos.

Informações preliminares dão conta de que criminosos passaram atirando no bar em que as vítimas estavam. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e socorreu os feridos ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Até o momento, um homem sem identificação foi preso e uma pistola foi apreendida.

Via: O Dia
Próximo Post