20 °c
Nilopolis

Motorista que atropelou quatro pessoas em Copacabana responderá em liberdade por homicídio culposo

Acidente atropelou quatro pessoas em um restaurante na tarde de domingo (13). Um casal de idosos que caminhava pela calçada foi atropelado e o homem não resistiu aos ferimentos

Acidente atropelou quatro pessoas, incluindo um casal de idosos que andava na calçada Arquivo pessoal/Agência O Dia

Rio – A motorista que atropelou quatro pessoas em um restaurante em Copacabana, na Zona Sul do Rio, na tarde de domingo (13) responderá em liberdade pelos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa no trânsito. Segundo a delegada titular da 12ª DP (Copacabana) e responsável pelo caso, Bianca Xavier Lima, a condutora foi encaminhada para realizar um teste de alcoolemia, que deu negativo para a embriaguez. O acidente causou a morte de Manuel Roque, de 79 anos e outras três pessoas foram atingidas pelo veículo. 

Até o momento, a mulher não teve a identidade divulgada. Ainda de acordo com a polícia, a delegacia aguarda o resultado da perícia realizada no local, laudos de exame de corpo delito e da necropsia e analisa as imagens de câmeras de segurança que registraram o fato. 

Abalada com o acidente, a motorista não saiu do carro e aguardou no local de 12h25, hora do acidente, até o início da noite, após o trabalho da perícia. Ela saiu em uma ambulância.

Um casal de idosos que caminhava pela calçada foi atropelado pela motorista. Roque foi levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, mas já chegou sem vida à unidade. A companheira Maria Antonia E. de Carvalho, de 73 anos, foi levada para o mesmo hospital. Ela sofreu uma lesão na perna e está sendo avaliada pela equipe de cirurgia.

Além do casal, dois clientes do restaurante atingido foram feridos sem gravidade. A idosa identificada como Iracir D. Rosa, de 69 anos, que sofreu ferimentos leves, que foi atendida e liberada ainda no local. A quarta vítima não precisou de nenhum atendimento médico.

Dono do restaurante Deck há mais de 20 anos, Leri Lemos conta que nunca tinha vivido nada parecido. “Nunca podia imaginar de um carro entrar aqui dentro. Quando cheguei o senhor estava caído e a senhora, com as pernas quebradas”, lembra.

O prejuízo material do restaurante foi estimado em R$ 10 mil, que será coberto pelo seguro da motorista. O pior, conta Leri, foi a cena de desespero.

” Muito ruim ver duas pessoas caídas daquele jeito, não poder mexer. Os bombeiros demoraram 20 minutos para chegarem. Pratos no chão, gritaria, todos saíram correndo”, lembra-se.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 19º BPM (Copacabana) foram acionados para a Avenida Atlântica, para checar uma ocorrência de acidente de trânsito. No local, os PMs apuraram que o motorista perdeu o controle da direção enquanto estacionava o carro e acabou subindo na calçada. O veículo invadiu o restaurante e atropelou quatro pessoas.

Próximo Post