20 °c
Nilopolis

MC VK conta à polícia que viu as mãos de MC Kevin escorregando do parapeito da varanda do hotel

Victor Elias Fontenelle ainda confirmou que ele e o funkeiro tiveram relações sexuais com a modelo Bianca Dominguez

MC VK (esquerda) e MC KevinReprodução/Instagram

Rio – Victor Elias Fontenelle, mais conhecido como MC VK, revelou em depoimento à polícia da 16ª DP (Barra da Tijuca), responsável pelas investigações, que viu as mãos do de MC Kevin escorregando do parapeito da varanda do hotel onde o amigo caiu no último domingo. O DIA teve acesso ao documento em que Victor ainda confirmou que ele e o funkeiro tiveram relações sexuais com a modelo Bianca Dominguez, de 25 anos, no quarto 502, local da tragédia.

Segundo MC VK, ele tinha acabado de sair do banho, após ter relações sexuais com Bianca, e foi até a varanda checar se Kevin também já havia terminado, para levarem a modelo embora, e que ao abrir a cortina já viu o amigo soltando o parapeito da varanda.

“Que o declarante viu quando as mãos de Kevin escorregaram; Que o declarante esclarece que Kevin não caiu “reto”, que ele foi se distanciando do prédio; Que o declarante viu que Kevin bateu em algo, como se fosse um telhado antes de cair no chão”, consta em trecho do documento. 

O MC ainda contou à polícia que assim que viu o amigo no chão, se desesperou e desceu do quarto para prestar socorro. 

“Que, perguntado se conseguia ver o local exato onde KEVIN caiu no solo, respondeu que sim; Que assim que viu a queda, o declarante desceu desesperado; Que o declarante disse que não se recorda exatamente da ordem dos acontecimentos, pelo nervosismo, porém foi ver como KEVIN estava, gritou na recepção que ele havia caído e foi na rua chamar seus amigos para avisar o que estava acontecendo”, declarou.

MC Kevin tinha 23 anos e estava no Rio para um show em uma boate no bairro Vila Valqueire, na Zona Norte, no sábado (15). O artista estava hospedado com a esposa, a advogada Deolane Bezerra, e sua equipe de produção no hotel. Ele morreu ao cair do quinto andar do hotel em que estava hospedado, na Barra da Tijuca.

A causa da morte de MC Kevin foi traumatismo cranio encefálico e hemorragia subaracnóidea, que é o sangramento no espaço entre o cérebro e o tecido que o cobre. A informação consta no laudo do exame de necropsia, que foi concluído às 12h10 desta terça-feira, pelo Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto. 

Ainda na 16ª DP (Barra da Tijuca), Victor contou que “a única razão que poderia levar Kevin a passar para o quarto do andar de baixo era o receio de ser descoberto por Deolane”. No entanto, o amigo do funkeiro disse que a advogada não estava no corredor do quarto 502, ou batendo na porta. Para Victor, não existe um motivo concreto para o que ocorreu com o artista, já que não houve nenhuma discussão, gritaria ou susto no cômodo. 

VK ainda deu detalhes de como foram os últimos momentos de vida de Mc Kevin, desde a visita a casa de um amigo, regada à bebida alcoólica e drogas, a briga entre o funkeiro e a esposa no hotel, o passeio na praia onde conheceram a modelo e o sexo grupal, que aconteceu minutos antes de Kevin cair da varanda do quarto. 

Confira o depoimento na íntegra:

Discussão com a esposa

Durante o relato dos últimos momentos que passou ao lado de Kevin, Victor disse que o amigo discutiu com a mulher, Deolane, no início da tarde de domingo, quando ele e outros amigos e o funkeiro voltaram da casa do MC PK Delas, onde ficaram das 7h até 12h bebendo whisky, e consumindo MD e maconha. O casal teria brigado, segundo VK, porque Kevin decidiu pagar a renovação da hospedagem dos amigos, já que as diárias deles tinham vencido.  

“Que ficaram na casa de “PK” até 12h do dia de domingo 16/05/2021; Que após a casa de PK todos foram descansar no hotel; Que a diária já tinha vencido e tiveram que renovar; Que o declarante e várias outras pessoas estavam em frente ao hotel quando KEVIN solicitou que o segurança JADER fosse ao apartamento pegar dinheiro para pagar a renovação da diária; Que JADER subiu e, logo depois, desceu acompanhado de DEOLANE; Que DEOLANE perguntou a KEVIN o motivo pelo qual precisa do dinheiro que JADER foi buscar; Que KEVIN se aborreceu com a pergunta de DEOLANE e jogou uma garrafa de cerveja no chão; Que tiveram uma breve discussão, e, após, DEOLANE subiu para o quarto;”. 

 

Passeio na praia após discussão

Na sequência, Victor afirmou que Kevin o convidou para ir à praia, que fica localizada em frente ao hotel onde estavam. De acordo com a versão do MC, ele, Kevin e outros três amigos ficaram na areia bebendo cerveja e pediram comida em um quiosque. Ao chegarem, eles tiveram a atenção voltada para Bianca e foi dessa forma que a conheceram e a convidaram para o hotel onde estavam. 

“Que por vota de 12h30min KEVIN chamou o declarante para ir a praia na frente do hotel; Que, perguntado quem foi a praia e em que local ficaram, o declarante responde: Que ficaram em frente ao hotel em que estavam hospedados; Que foram a praia, além do declarante, KEVIN, JHONATAN, GABRIEL E MC DENNA; Que ficaram na areia e pediram comida no quiosque e, após, pediram cerveja;”. 

Bianca chamou atenção do grupo na praia 

Durante seu relato, VK contou aos policiais que logo depois que chegaram, todos tiveram a atenção voltada para Bianca e foi dessa forma que a conheceram. O funkeiro ainda declarou que foi desafiado pelos amigos a ir falar com ela.  Depois de conversarem e beberem juntos, VK e Kevin a convidaram para o hotel onde estavam.

“Que em determinado momento o declarante avistou uma mulher na praia que lhe chamou atenção; Que essa mulher se chama BIANCA; Que Bianca estava chamando a atenção de todos que estavam ali, olhando muito na direção do grupo; Que um dos amigos disse ao declarante “DUVIDO VOCÊ IR LÁ CONHECER ELA”; Que Kevin concordou com os amigos; Que o declarante foi na direção de Bianca; Que ficou conversando com Bianca durante 20 minutos; Que a bebida de BIANCA acabou, e o declarante disse pra ela que faria um drink e que voltaria logo; Que cerca de 3 minutos depois, BIANCA se aproximou do grupo e começou a conversar com JONATHAN; Que KEVIN olhou para BIANCA e perguntou: “VOCÊ GOSTA DE UM PRESENTINHO?”, e BIANCA riu e disse “TÁ BOM”; Que convidou BIANCA para voltar para barraca dela, e assim a acompanhou; Que o declarante estava com intuito de “ficar” com BIANCA; Que durante essa nova conversa, o declarante disse à BIANCA que todos os seus amigos a elogiaram e que o KEVIN havia gostado dela; Que ela já sabia quem era KEVIN, pois o conhecia como MC; Que o declarante retornou sozinho para seu grupo de amigos e disse que BIANCA estava “querendo algo”; Que BIANCA foi novamente em direção ao declarante; Que o declarante perguntou a BIANCA se a mesma gostava de uma loucura e se ela queira ir para o hotel; Que BIANCA aceitou;”. 

Sexo a três 

Na delegacia, Victor ainda falou que ele e Bianca saíram da praia, por volta das 17h, e voltaram para o hotel. Eles foram até o quarto onde ele estava hospedado, o 502, e Kevin chegou cinco minutos depois, segundo VK. Os três fizeram sexo juntos. Jonathan, que havia ficado na praia com os outros amigos, inicialmente, voltou ao quarto que dividia com Victor e tentou participar do ato, mas foi impedido por Kevin. 

“Que todos ficaram nus no quarto e BIANCA começou a fazer sexo oral no declarante e em KEVIN; Que neste momento, JONATHAN, que tinha o cartão do quarto, entrou; Que KEVIN disse a Jonathan: “SAI FORA, SE NÃO VAI ME ATRASAR, POIS VÃO VER MUITA GENTE AQUI NO QUARTO”; Que JONATHAN não saiu do quarto e foi para varanda se esconder atrás das cortinas para ver o que estava acontecendo; Que o declarante recebeu um mensagem pelo aplicativo
Whatsapp de GABRIEL informando que a DEOLANE estava perguntando sobre KEVIN; Que o declarante, preocupado que DEOLANE descobrisse, disse a KEVIN: ” VAMOS TOMAR CUIDADO, VAI MOIÁ (NOS COMPLICAR)”; Que o declarante perguntou se JONATHAN tinha camisinha e este disse que sim, apenas uma e entregou ao declarante; Que neste momento chegou a bebida (espumante) que BIANCA pediu; Que a bebida foi levada por garçom do hotel; Que KEVIN pediu camisinha para JONATHAN e este disse que só tinha uma; Que neste momento, o declarante começou a ter relação sexual com BIANCA na cama, enquanto BIANCA continuava a fazer sexo oral em KEVIN; Que JONATHAN disse que tomaria um banho; Que ao sair do banho, JONATHAN tentou novamente participar do ato e KEVIN falou para ele sair; Que JONATHAN saiu do quarto; Que o declarante ejaculou e, ainda na cama, viu quando KEVIN chamou BIANCA para que fossem ficar apenas os dois na varanda; Que o declarante e KEVIN fecharam a cortina; Que o declarante foi em direção ao banheiro se lavar; Que neste momento não havia mais ninguém no quarto além dos três, o declarante, BIANCA e KEVIN”. 

A queda 

Depois de terminar sua relação sexual com Bianca, Victor disse que foi para o banho, que durou cerca de três minutos. Em seguida, ele foi até a varanda para ver se Kevin ainda estava mantendo relações com a modelo, para poder levar ela embora. Foi neste momento que, segundo seu depoimento, ele viu o amigo cair da varanda do quarto. 

“Que ao sair do banho, foi em direção a varanda pra ver se KEVIN já havia terminado com Bianca para poderem ir embora; Que ao abrir a cortina, visualizou KEVIN soltando o parapeito da varanda; Que, perguntado sobre onde exatamente KEVIN se segurava, o declarante esclarece que no parapeito há o corrimão na parte de cima, vidro no meio e piso embaixo, sendo que o declarante viu que KEVIN estava se segurando no piso; Que o declarante viu quando as mãos de KEVIN escorregaram”. 

Sem drogas e desentendimentos no quarto 

Victor também declarou que enquanto estava só ele, Bianca e Kevin no quarto, não houve consumo de drogas no local e nenhum desentendimento entre eles. Ele também negou que alguém tenha batido na porta do quarto, mas acredita que Kevin possa ter se pendurado na sacada, na tentativa de não ser pego por Deolane. 

“Que, perguntado se foram usadas drogas no quarto, ou se ocorreu algo de anormal que possa indicar o motivo da queda, o declarante responde: Que não houve uso de drogas no quarto e que não houve nada de anormal no quarto. Não houve gritos, brigas ou algum susto que pudesse levar a queda de KEVIN; Que não sabe o que aconteceu enquanto KEVIN e BIANCA estavam na sacada (…) Que o declarante não entendeu porque KEVIN se pendurou no parapeito, mas o declarante não acredita que ele tenha tido vontade de se matar, mas sim de passar para o andar de baixo; Que, perguntado qual seria a razão de KEVIN fazer isso, o declarante respondeu que acredita que a única razão que poderia levar KEVIN a passar para o quarto do andar de baixo era o receio de ser descoberto por DEOLANE, porém, até onde sabe, esta não estava na porta, nem batendo, então não consegue entender a razão exata dos acontecimentos.”

 

 

Próximo Post