quinta-feira, 21 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Justiça pede que Flordelis esclareça quebra da cinta da tornozeleira eletrônica

Deputada federal tem até 48 horas para justificar rompimento da parte que prende o equipamento ao corpo

Rio – A Justiça do Rio pediu para que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) esclareça, em até dois dias, o motivo do suposto descumprimento do monitoramento por tornozeleira eletrônica. No despacho, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, questionou o motivo pelo qual ela teria omitido que a cinta da tornozeleira eletrônica se rompeu entre os dias 19 e 21 de maio. 

Segundo o documento, a cinta que prende o equipamento ao pé da parlamentar se rompeu às 10h13 do dia 19 de maio. Apesar de ter quebrado, Flordelis só entrou em contato com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para trocar a tornozeleira eletrônica no dia 20, às 11h13. Ela só conseguiu agendar a recolocação às 14h10 do mesmo dia para o dia seguinte. A juíza pediu que a deputada fosse intimada pessoalmente e por aplicativo de mensagem em até 24 horas.

Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *