quinta-feira, 21 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Justiça nega recurso da defesa de Ronnie Lessa

Desembargador entendeu que provas apresentadas por advogados do policial reformado não eram novas

Rio – O Tribunal de Justiça (TJRJ) negou, nesta sexta-feira, 25, o recurso da defesa do sargento reformado Ronnie Lessa. Os advogados do policial acusado pela morte da vereadora Marielle Franco (Psol) e o motorista Anderson Gomes pediram para que ele não fosse julgado pelo Tribunal do Júri.

O desembargador Marcus Henrique Basílio, segundo Vice-Presidente do Tribunal de Justiça, entendeu que não havia “outro fundamento senão aqueles que foram devidamente apreciados”. O caso irá para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram mortos por tiros de uma submetralhadora disparados de dentro de um carro. Ronnie Lessa é apontado como o autor dos disparos e estaria no banco de trás do carro. Élcio de Queiroz seria o motorista do veículo.

Na esfera criminal, Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz respondem pelo duplo homicídio de Marielle e Anderson e pela tentativa de assassinato contra uma ex-assessora que estava no carro no momento do ataque, mas escapou com vida. Os dois ex-policiais estão presos preventivamente desde março de 2019 em Porto Velho, Rondônia, e responderão pelos crimes em tribunal do júri.

Via: O Dia

Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *