20 °c
Nilopolis

Jacarezinho: viúva de policial civil repudia homenagem do nome do marido com os dos outros 27 mortos

Jaqueline Souza classifica a inclusão do nome de André Frias no monumento como um 'insulto à memória' do marido

Rio – A viúva do policial civil André Frias, morto na operação Exceptis, no Jacarezinho, dia 6 de maio, escreveu uma carta pública repudiando a inclusão do nome do agente no memorial que será erguido na entrada da comunidade. Isso porque o nome de Frias estará junto com nomes dos outros 27 mortos, apontados pela corporação como criminosos.

Na missiva, ao qual O DIA teve acesso, Jaqueline de Souza pede que isso não aconteça, em respeito à memória do agente.

Próximo Post