20 °c
Nilopolis

Integrante de organização criminosa é preso por roubo milionário de bobinas de energia

Crime aconteceu em junho de 2020

Felipe foi preso neste sábadoDivulgação/Polícia Civil

Rio – Agentes da divisão de capturas da Delegacia de Polícia Interestadual (DC-Polinter) prenderam, neste sábado (15), um dos criminosos envolvidos no roubo de 32 bobinas da rede elétrica de uma transmissora de energia em Paracambi. Felipe José Fernandes Tavares estava trabalhando com transporte de cargas quando teve o caminhão interceptado por agentes da Polícia Civil, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. O crime aconteceu em junho de 2020. A ação foi coordenada pelo titular da unidade Dr. Mauro Cesar e pelo delegado assistente Dr. Kristiano Jotta.

De acordo com a as investigações, Felipe e outros cinco comparsas, fizeram todos os seguranças reféns e ainda roubaram duas armas de fogo. As bobinas foram avaliadas em mais de R$ 1 milhão. Ele havia sido preso temporariamente e, após ganhar liberdade, teve sua prisão preventiva decretada em abril desse ano.

Na apuração do caso consta que, depois do roubo, Felipe adquiriu um caminhão de transporte avaliado em mais de R$ 400 mil e que estava transportando cargas. O monitoramento para a prisão do criminoso durou aproximadamente três semanas. Durante esse período, ele passou pelos Municípios de Cordeirópolis e Pindamonhangaba, em São Paulo e por Araruama, no Rio de Janeiro. 

A unidade destacou que as investigações continuarão, pois há suspeita de que Felipe seja integrante de uma milícia privada que atua no Município de Paracambi. Além disso, há suspeitas de que o réu possa ter usado o caminhão para o transporte de armas e drogas para comunidades do Rio de Janeiro. 

 A Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter) e a Polícia Civil pedem que qualquer informação seja repassada ao DISQUE DENÚNCIA DA DC-Polinter, através do whatsapp (21)96587-1592. A corporação garante o sigilo absoluto.

Próximo Post