Inquérito relata agressões de Jairinho contra ex-namorada

Em um dos episódios, o vereador chegou a fraturar o dedo do pé de Débora Mello Saraiva. Em conversas com a irmã da vítima ele admite a agressão. Ele foi indiciado por violência doméstica

O vereador Dr. Jairinho, que está preso desde abril por envolvimento na morte do menino Henry Borel, foi indiciado por violência doméstica contra a ex-namorada, Débora Mello Saraiva. No inquérito policial da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) ao qual O DIA teve acesso há relatos de ao menos quatro episódios em que Jairinho agrediu a ex.

A relação do casal começou em 2014, mas foi em 2016 que aconteceu a primeira agressão.  A primeira agressão aconteceu dentro de um apartamento em Jacarepaguá, onde o casal costumava se encontrar. Na ocasião, após ver no celular do vereador mensagens entre ele e a ex-mulher, a dentista Ana Carolina Netto, ela o acordou. Ele teria então ficado “transtornado” e “tomado” seu telefone.

Próximo Post