Infectologistas recebem com cautela previsão de Carnaval em 2022

Prefeito quer imunizar 90% da cidade até outubro

Eduardo Paes, prefeito do RioReginaldo Pimenta / Agencia O Dia

Rio – Empolgado com o calendário de vacinação da cidade do Rio, o prefeito Eduardo Paes voltou a falar sobre a possibilidade de carnaval no próximo ano. “Tudo dando certo e com vacina no braço, vamos fazer o carnaval dos carnavais em 22!”, escreveu o prefeito no Twitter na noite desta sexta-feira. O infectologista e presidente do Departamento Científico de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Renato Kfouri, avalia que, o anúncio do cronograma e a promessa de imunização de 90% dos cariocas ainda é precipitada.

“Vacinar 90% da população está quase impossível. Nossa cobertura vacinal é muito baixa então, é muito pouco provável que quando nós liberemos todas as vacinas acima dos 18 anos, nós tenhamos 90% da população vacinada, nem que se tenha vacina para isso”, explicou.

O infectologista Dr. Alberto Chebabo,do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ) disse que se a prefeitura conseguir vacinar 90% da população, os planos de Paes podem se concretizar, mas que é preciso ter cautela. “Esse é apenas um plano. Que ainda precisa se concretizar”, disse.

A presidente da Sociedade de Infectologia do Rio de Janeiro, a Dra. Tânia Vergara, também considera a previsão precipitada, e que apenas se a projeção vacinal se cumprir, pode ser viável pensar em eventos.

“Acho que é viável depois que estiver com esse nível de imunização na cidade, no país e no mundo, além de controle de casos e contatos”, salientou.

De acordo com o planejamento divulgado esta semana o objetivo é começar no dia 17 de maio. Na publicação, estão contemplados, além dos grupos prioritários, pessoas com idades entre 59 e 18 anos. 

LEIA MAIS: Estado do Rio continua na bandeira laranja de risco para a covid-19

Se as coisas seguirem andando como estão, vamos cumprir o calendário p todos até outubro. No Rio é: chegou, vacinou! Td dando certo e c vacina no braço, vamos fazer o #carnavaldoscarnavais em 22! Bora vacinar, bora vencer essa guerra e bora fazer nossa cidade voltar a dar certo ! pic.twitter.com/qlRkhgxC6d

— Eduardo Paes (@eduardopaes) May 15, 2021
O prefeito do Rio defende que, a cidade tem recebido de forma regular e em mais quantidade os imunizantes contra o novo coronavírus, em especial o da Astrazeneca, o que permite mais previsibilidade na divulgação do calendário. 

LEIA MAIS: População não vacinada registra aumento no número de óbitos no Rio

Apesar do otimismo, a Fiocruz, responsável pelo imunizante Oxford/AstraZeneca, anunciou que vai interromper a produção por “alguns dias” na próxima semana à espera de insumos vindos da China, a previsão de entrega é no dia 22.

Próximo Post