Homem efetuou pelo menos dez disparos ao matar mulher em Copacabana

Yldeci Cardoso Xavier, 45, estava sentada na área externa de um restaurante e foi atingida pelos tiros à queima-roupa de um motoqueiro. Delegacia de Homicídios investiga o caso

Rio – O motoqueiro que atirou contra Yldeci Cardoso Xavier, assassinada na tarde de quarta-feira (9) em Copacabana, na Zona Sul, efetuou pelo menos dez disparos à queima-roupa, de acordo com a Polícia Civil. A mulher de 45 anos estava sentada em uma mesa na área externa de um restaurante, na Rua Anita Garibaldi, esquina com a Rua Tonelero, quando foi atingida. Um garçom do estabelecimento ficou ferido e está internado em estado grave. O autor do crime ainda não foi identificado, e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

De acordo com os agentes que estiveram no restaurante, o crime foi cometido por um homem com uma pistola calibre .40 de tiro automático. Foram efetuados pelo menos 10 tiros e recolhidas ao menos nove cápsulas. Cerca de 10 testemunhas foram ouvidas ainda no local, entre funcionários de restaurantes e lojas da rua. A polícia já recolheu de câmeras de segurança da região que possam ajudar a identificar o assassino.

Próximo Post