Famílias sem-teto retiradas de terreno da Petrobras passam a noite em escolas de Itaguaí

A maioria das famílias, que ocupavam o local desde o início de maio, não tem um lugar para ir

Rio – Após a Justiça determinar a reintegração de posse em terreno da Petrobras em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio, as 400 famílias que ocupavam o local desde o início de maio tiveram que passar a noite desta quinta-feira em duas escolas do município.

De acordo com o G1, cerca de 1.500 pessoas tiveram de sair da ocupação, que ficava em frente ao antigo Boteco Cadena, no bairro Ponte Preta, na Avenida Deputado Octávio Cabral. A maioria não tem para onde ir.

Próximo Post