‘Eu quero apenas justiça’, diz pai de ciclista morto atropelado na Rodovia Washington Luís

Motorista que trafegava pela via em alta velocidade fugiu sem prestar socorro

Rio – A família de Wellington Silva Azevedo, de 19 anos, morto após ser atropelado na manhã desta quinta-feira, na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi ao Instituto Médico Legal (IML) nesta quinta-feira para liberar o corpo do rapaz. Wilson Ferraz de Azevedo, pai de Wellington, diz que quer a prisão do responsável por atropelar o filho, que fugiu sem prestar socorro. “Eu quero apenas justiça porque era um filho querido por todos. Um filho que procurava ajudar o pai sempre nas horas da necessidade de casa, era um garoto feliz, alegre. Todas as vezes que ele saía pra trabalhar ele dava benção ao pai dele e eu ficava com o coração apertado porque sabia que a via que ele estava pegando era muito perigosa e eu não tinha como falar ‘meu filho, não vai trabalhar’”, disse o pai do rapaz, muito emocionado, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo.

LEIA MAIS: Vídeo mostra momento em que ciclista é atingido e morto por carro na Baixada

Próximo Post