20 °c
Nilopolis

Depoimentos indicam que MC Kevin pode ter usado drogas e álcool antes de morrer; delegado pede exame toxicológico

Segundo a polícia, o cantor não caiu do quarto em que estava hospedado com a mulher, mas sim do quarto em que se encontrou com amigos

Mc KevinRedes Sociais

Rio – O delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), delegacia que investiga a morte de Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, pediu a peritos do  Instituto Médico Legal (IML) onde o corpo do funkeiro foi levado, que seja feito um exame toxicológico no mesmo. De acordo com testemunhas que prestaram depoimento nesta madrugada na unidade policial, Kevin teria feito uso de drogas e bebidas alcoólicas antes de acontecer o incidente.

Segundo a polícia, o cantor não caiu do quarto em que estava hospedado com a mulher, mas sim do quarto em que se encontrou com amigos. Os dois quartos já foram periciados.

De acordo com o relatório da PM, uma equipe do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) esteve no hotel para uma ocorrência de lesão corporal, após um hóspede ter batido com a cabeça ao tentar pular na piscina de um quarto do quinto andar. O cantor foi socorrido por paramédicos do Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. 

MC Kevin tinha 23 anos e estava no Rio para um show em uma boate no bairro Vila Valqueire, na Zona Norte, no sábado (15). O artista estava hospedado com a mulher, a advogada Deolane Bezerra, e sua equipe de produção no hotel.

O artista, que era paulista, será enterrado na quadra da escola de samba Unidos de Vila Maria, no Parque Novo Mundo, Zona Norte de São Paulo, com início às 4h e término às 8h. O velório será aberto ao público. 

Próximo Post