Defesa de Flordelis pede para que ela deixe de usar tornozeleira eletrônica

Os advogados alegam que o equipamento tem tido constantes problemas

Rio – A defesa da deputada Flordelis, pediu, nesta quinta-feira, para que a pastora deixe de usar a tornozeleira eletrônica que vem sendo utilizada por ela desde outubro de 2020. Os advogados alegaram problemas constantes no equipamento e afirmam que a parlamentar precisa ir até uma central da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), botando sua vida em risco, já que há a pandemia do coronavírus. 

Além disso, em documento enviado à 3ª Vara Criminal de Niterói, eles negaram que a parlamentar tenha deixado de usar a tornozeleira no dia 19 de maio deste ano. Em defesa da deputada, os advogados disseram que neste dia, Flordelis teve dificuldades com o equipamento, tentou contato com a Seap mas não obteve sucesso. 

Próximo Post