Deam de Caxias prende homem por matar a companheira com golpe na cabeça

Criminoso levou mais de 12 horas para socorrer a vítima após agredi-la

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) Google / Reprodução

Rio – Um homem, identificado como Marcus Vinicius Imperatori foi preso nesta quarta-feira (13), acusado de feminicídio, por agentes da Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam), de Duque de Caixas. De acordo com a unidade, o criminoso espancou a companheira e a manteve ferida, sem atendimento médico, dentro de casa, no município da Baixada Fluminense. Ele foi encontrado na casa da mãe, na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, onde estava escondido.

Segundo a Deam, Marcus agrediu a companheira na madrugada do dia 18 de março deste ano, entre meia noite e 04h da manhã, quando a vítima teve a cabeça gravemente lesionada. De acordo com Boletim de Atendimento Médico (BAM), o autor só levou a vítima para a emergência do hospital local às 20h54m do mesmo dia. Na ocasião, ele informou à família que a mulher não acordava e que possivelmente estaria em coma alcoólico por ter bebido muito na noite anterior. 

Segundo a especializada, o irmão da vítima procurou a Deam de Caxias para comunicar a suspeita de crime de violência doméstica. Uma equipe foi enviada à unidade de saúde quando a vítima ainda estava em coma por conta das lesões. A mulher foi a óbito no dia 20 e Marcus fugiu. O laudo de exame de necrópsia do cadáver aponta morte por traumatismo de crânio do encéfalo provocada por ação contundente.

O criminoso possui 9 anotações criminais, todas por roubo, entre os anos de 1999 e 2019, tendo sido condenado em vários desses processos. Atualmente, Marcus estava em liberdade, que foi conseguida com ajuda da vítima. A mulher conheceu o criminoso pelo Facebook enquanto ele ainda estava preso, ocasião em que iniciaram um relacionamento amoroso.

Próximo Post