Complexo da Maré inicia vacinação em massa contra a covid-19 nesta quinta

A campanha começa com moradores de 25 a 33 anos

Rio – O Complexo da Maré inicia a vacinação em massa contra a covid-19 nesta quinta-feira. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a ONG Redes da Maré, a imunização acontecerá das 8h às 17h em Clínicas da Família, Centros Municipais de Saúde, Associações de Moradores, escolas e na Vila Olímpica da Maré, e vai até sábado.

Nesta quinta, serão vacinadas pessoas entre 33 e 25 anos; no dia 30, jovens de 24 a 18 anos e em 31 de julho, quem tiver 18 anos ou mais. A imunização em massa será usada como estudo para a Fundação, que vai mapear o impacto da vacinação na população da Maré. A pesquisa vai avaliar a efetividade da vacina, medindo anticorpos e verificando a taxa de proteção direta conferida e a imunidade de rebanho (proteção indireta); a ocorrência de eventos adversos pós-vacinais nos imunizados; a transmissão e circulação de diferentes variantes e a dinâmica epidemiológica do coronavírus no Complexo.

A intenção é que neste período toda a população a partir dos 18 anos seja vacinada com a primeira dose do imunizante da AstraZeneca, produzido pela Fiocruz. De acordo com o Censo Maré, a comunidade tem 51,9% de sua população formada por jovens com menos de 30 anos, que ainda não foi contemplada pelo calendário de vacinação da cidade. Para receber a vacina, é necessário estar de máscara e apresentar documento de identificação com foto.

A iniciativa pretende imunizar 30 mil moradores, que serão acompanhados durante seis meses para monitoramento dos efeitos da vacinação em larga escala e da pandemia na comunidade. Os moradores cadastrados nas unidades de saúde da Maré até esta sexta-feira (23) e que ainda não foram convocados pela campanha de vacinação em andamento serão organizados para receber as doses da vacina por faixa etária.

Saiba onde se vacinar contra a covid-19 por localidade do Complexo da Maré:

Marcilio Dias

– Centro Municipal de Saúde João Cândido;
– Escola Municipal Cantor e Compositor Gonzaguinha.

Vila dos Pinheiros e Salsa e Merengue

– Clínica da Família Adib Jatene;
– Escola Municipal Paulo Freire (próximo a quadra);
– Escola Municipal Medalhista Olímpico Lucas Saatkamp (Praça do Salsa);
– Escola Municipal Marielle Franco;
– Associação de Moradores Vila dos Pinheiros.

Baixa do Sapateiro, Morro do Timbau e Nova Maré

– Clínica da Família Augusto Boal;
– Escola Municipal IV Centenário;
– Escola Municipal Escritor Ledo Ivo;
– Associação de Moradores Morro do Timbau;
– Vila Olímpica da Maré.

Parque União
– Clínica da Família Diniz;
– Escola Municipal Ten Gal Napion.

Rubens Vaz

– Associação de Moradores Rubens Vaz;
– CIEP Helio Smidt.

Vila do João

– Centro Municipal de Saúde Vila do João;
– Escola Municipal Prof. Josué de Castro.

Conjunto Esperança

– Escola Municipal Teotônio Vilela.

Praia de Ramos e Roquete Pinto

– Clínica da Família Américo Veloso;
– Escola Municipal Armando de Salles Oliveira;
– CIEP Leonel Brizola;
– Associação de Moradores de Ramos e Roquete.

Nova Holanda e Parque Maré

– Clínica da Família Jeremias;
– Escola Municipal Lino Martins;
– Escola Municipal Nova Holanda;
– Escola Municipal Osmar Paiva;
– Escola Municipal Olimpíadas 2016;
– Escola Municipal Genival Pereira de Albuquerque.

Via: O Dia
Próximo Post