Coalização do Bem: chefe do tráfico no norte do Brasil é preso na Vila Cruzeiro

Marcelo Silva usava identidade falsa e foi preso com comparsas. Ação tinha como objetivo prender traficantes de outros estados que estão no Rio

Rio – A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira um homem apontado como uma das principais lideranças do Comando Vermelho, no norte do Brasil. Marcelo Silva, o Jogador ou Marcelão, era um dos alvos da operação Coalização do Bem, realizadas para prender traficantes de outros estados que estão refugiados nas comunidade do Rio.

De acordo com a polícia, o traficante foi encontrado em um imóvel na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha. Além de liderar o tráfico de drogas no Pará, Marcelão teria assumido o posto de contador na favela carioca. Ele vivia na cidade com documentação falsa.  

A operação Coalização do Bem foi realizada em várias comunidades do Rio e outros estados. A polícia foi às ruas para cumprir 18 mandados de prisão e mais de 30 de busca e apreensão. Entre os alvos, estava o traficante Mano Kaio, um dos chefes do tráfico do Comando Vermelho em Manaus. Ele e Marcelão são investigados por ter orquestrado vários ataques na cidade amazonense, na ultima semana.

O delegado Marcus Amim, da Delegacia de Combate às Drogas, disse que a decisão do STF, que restringiu operações policiais em comunidades do Rio, abriu as portas para que traficantes de outros estados pudessem buscar refúgio no estado. 

Até o início da tarde, 14 pessoas tinham sido presas, sete no Rio e outras sete em Manaus e São Paulo. Quatro pessoas foram baleadas e três delas acabaram morrendo. Entre os mortos está um adolescente de 16 anos. 

Via: O Dia
Próximo Post