Cláudio Castro detalha como serão divididos os R$ 22 bi arrecadados com a concessão da Cedae

Município do Rio e outros quatro devem receber a maior fatia dos R$ 7,6 bi destinado às cidades. Pagamento será feito em três parcelas no intervalo de quatro anos

Rio – O governo do estado detalhou como será a divisão dos R$ 22, 689 bilhões arrecadados com o leilão da privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), em coletiva concedida nesta quarta-feira, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. De acordo com o governador Cláudio Castro, o estado ficará com a maior parte do valor, R$ 14,478 bi, enquanto os 28 municípios que aderiram ao plano, dividirão R$ 7,688 bilhões.

Entre as cidades que mais receberão aparecem Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Belford Roxo. O valor será repassado aos municípios em parcelas, sendo a primeira a vencer ainda neste ano, até o dia 14 de julho, e as próximas, em 2022 e 2025. 

Próximo Post