Cedae doa 19 mil mudas em comemoração ao Mês do Meio Ambiente

A ação é feita em 11 municípios e envolve a parceria com o BioParque e o AquaRio. Duas exposições serão feitas e haverá distribuição de mudas da companhia para a população

Além de Cambuci e São José de Ubá, já foram contemplados este ano projetos de reflorestamento nos municípios de Barra Mansa, Barra do Piraí, Laje do Muriaé, Pinheiral, Piraí, Queimados, Valença e Vassouras.Foto: divulgação

Rio – Para comemorar o mês do meio ambiente a Cedae vai participar de ação conjunta com o BioParque e o AquaRio, entre segunda (7) até sábado (12) da próxima semana, com o objetivo de incentivar a conscientização ambiental. As ações foram feitas através do programa Replantando Vida. Além dos eventos, também serão doadas 19 mil mudas para 11 municípios do Estado do Rio durante este mês.

Nos municípios do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Itaboraí e Seropédica, 3 mil plantas serão distribuídas. As demais 16,2 mil mudas vão ser entregues até o fim do mês para projetos de recuperação de áreas degradadas, de nascentes em São Fidélis (4 mil) e para projetos de reflorestamento em Barra Mansa (2 mil), Bom Jardim (500), Cachoeiras de Macacu (1,2 mil), Itaocara (mil), Paty do Alferes (4 mil) e Rio das Flores (3,5 mil).

De janeiro a maio deste ano, o programa Replantando Vida já distribuiu mais de 53 mil mudas para projetos de reflorestamento em 39 municípios do estado do Rio de Janeiro. Somadas as ações de junho, o número total passará de 72 mil plantas doadas em 2021 por meio do programa da Cedae.

A maior parte da mão de obra utilizada para realizar a iniciativa foi feita com a colaboração de pessoas que pertencem ao sistema prisional estadual em regime semiaberto, aberto e de liberdade condicional. O programa Replantando Vida mantém viveiros florestais localizados na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de São Gonçalo e Alegria; na Estação de Tratamento de Águas (ETA) Guandu, no Reservatório Victor Konder, na Caixa Velha da Tijuca, no Complexo do Alemão e na Colônia Penal Agrícola de Magé.

Confira os eventos em homenagem ao meio ambiente na próxima semana

No BioParque do Rio parte da exposição temática sobre a Década da Restauração de Ecossistemas, iniciativa criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para destacar a importância da conservação da biodiversidade, será realizada de 07 a 12 de junho, das 10h às 16h.

Durante o evento, a companhia montará um espaço fixo para apresentação do programa Replantando Vida e das ações ambientais realizadas pela Cedae. Além disso, serão distribuídas 1.500 mudas para aqueles que estiverem visitando a exposição. As plantas que serão doadas são de espécies nativas da Mata Atlântica, com destaque para aroeira-pimenteira, grumixada preta, jerivá, pitangueira, goiabeira, ipê-amarelo, ipê-roxo e jabuticabeira.

Já entre os dias 09 e 11 de junho, das 10h às 12h, os integrantes voluntários do Programa Sócio Anual do BioParque do Rio terão a oportunidade de colaborar com o plantio de mudas em seis áreas da Quinta da Boa Vista, contribuindo com a arborização urbana do local. Ao todo, serão plantadas 500 árvores de espécies como pau-formiga, cássia-rosa, samanea, dedaleira, louro-pardo, juçara, garapa, sibipiruna, jacarandá-mimoso, ipês, entre outras.

No dia 08 de junho, data em que é celebrado o Dia Mundial dos Oceanos, o programa Replantando Vida marcará presença no AquaRio, das 10h às 16h, para a doação de 250 mudas para o público que estiver passeando pela atração. Serão distribuídas plantas de jabuticaba, bacupari e palmeira jussara.

As mudas doadas nas ações feitas no BioParque e AquaRio foram cultivadas nos sete viveiros mantidos pela companhia. Eles têm a capacidade de produzir, em conjunto, 1,8 milhão de mudas por ano de 250 espécies, das quais 40 estão ameaçadas de extinção.

Via: O Dia
Próximo Post