Caso Henry: Castro não responde à Câmara sobre ligação de Jairinho

O chefe de Estado não tinha obrigação legal de responder os questionamentos

Rio – O governador do Rio, Cláudio Castro, não enviou à Câmara dos Vereadores esclarecimentos sobre a ligação que recebeu de Dr. Jairinho logo após a morte do menino Henry Borel. Castro havia sido notificado pelo órgão no dia 25 de maio e o prazo para dar uma resposta era até a última quarta-feira (9). Apesar da Câmara aguardar um posicionamento do parlamentar, o chefe de Estado não tinha obrigação legal de responder os questionamentos.

O silêncio do governador surpreendeu Luiz Ramos Filho (PMN), relator do processo de cassação contra Jairinho. “Fiquei surpreso porque o Cláudio Castro foi nosso colega aqui na Câmara e esperava que ele fosse colaborar com este processo deste caso tão complicado. A sociedade cobra uma resposta e todas as informações são importantes para chegarmos a uma conclusão bem elaborada. Mas isso não vai prejudicar o nosso trabalho”, disse Luiz.

Próximo Post