20 °c
Nilopolis

Caixa de Areia: operação cumpre mandados contra milicianos que atuam na Muzema

A Força Tarfefa da Polícia Civil cumpre oito mandados de busca e apreensão. Houve bloqueio judicial de cerca de R$ 12,5 milhões do bando

Força Tarefa da Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão contra pessoas ligadas à milícia da MuzemaDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Rio – A Polícia Civil realiza nesta segunda-feira a operação Caixa de Areia contra um grupo de milicianos que explora a venda e aluguel de imóveis na Muzema, na Zona Oeste do Rio.  

Os agentes comprem oito mandados de busca e apreensão em diferente pontos da cidade.

Após meses de investigações, a Força-Tarefa da Polícia Civil, por meio Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD), pediu à Justiça o bloqueio de contas bancárias de pessoas que atuavam na exploração de imóveis na região da Muzema e de empresas utilizadas para lavagem de dinheiro, no valor de quase R$ 12,5 milhões.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal Especializada e a investigação apura a lavagem de dinheiro de pessoas que atuavam como “empresários” do ramo imobiliário ilegal na região da Muzema. Foi constatado ao longo de seis (06) meses de investigação que os suspeitos movimentaram recursos incompatíveis com a capacidade financeira declarada, com ingresso de grande quantidade de dinheiro vivo em contas bancárias, bem como o uso de empresas de fachada.

Com a deflagração da Operação Caixa de Areia espera-se obter provas a partir de apreensão de documentos, aparelhos eletrônicos e tornar indisponível o patrimônio dos suspeitos.

Próximo Post