‘Botou o fuzil no meu peito’, diz jovem sobre a abordagem policial no Lins

Caso aconteceu na comunidade Cachoeirinha

Rio – Pouco mais de semana após a morte da designer de interiores Kathlen Romeu, o Complexo do Lins, na Zona Norte do Rio tem mais um caso de violência policial. Um jovem de quinze anos denunciou uma abordagem de agentes da PM enquanto retornava de um posto médico, na região. Segundo ele, uma equipe desceu da viatura e o mandou sentar no chão, apontou um fuzil para o seu peito e rasgou um atestado e a ficha de tratamento do rapaz.

De acordo com a denúncia, divulgada no RJTV2, o adolescente caminhava sozinho quando policiais o abordaram na rua Nova, na comunidade Cachoeirinha, no Complexo do Lins. Segundo o rapaz, os agentes chegaram de viatura e o acertaram nas pernas com o veículo.

Próximo Post