Boletim aponta alta concentração do novo coronavírus no esgoto do Rio

Nos dez pontos de monitoramento da Agência Nacional de Águas houve o registro de uma quantidade elevada do vírus

Esgoto pode indicar foco da disseminação da covid-19 nas cidadesJosé Cruz/Agência Brasil

Rio – O boletim da Rede de Monitoramento Covid de Esgotos, feito pela Agência Nacional de Águas (ANA), registrou alta concentração do novo coronavírus nos esgotos do Rio. Nos dez pontos de monitoramento houve o registro de uma quantidade elevada do vírus, acima de 50 mil cópias por litro. Do total, quatro Estações de Tratamento de Água ficam na capital, uma em São Gonçalo, Região Metropolitana, e uma em São João de Meriti, Baixada Fluminense.

A análise é feita a partir das concentrações do vírus por litro de água nas estações de tratamento de esgoto (ETE) e nas elevatórias de esgoto (EEE). A alta no resultado desta semana se equipara a das semanas dos dias 2 a 8 de maio e dos dias 9 a 15 de maio. 

Via: O Dia
Próximo Post