Barqueata chama atenção para necessidade de saneamento básico nas lagoas da Barra

Após leilão da Cedae, moradores, barqueiros e pescadores temem que região não passe pelas obras necessárias para recuperar o complexo lagunar da Zona Oeste

Rio –  O Baía Viva com o apoio de associações de barqueiros e pescadores, realizou neste domingo, a segunda barqueata para pedir a retomada das obras de saneamento básico das lagoas do Complexo Lagunar de Jacarepaguá e da Barra da Tijuca. A ausência de investimento no tratamento das águas da região é o principal fator de poluição das lagoas e praias que movimentam a economia do turismo na cidade.

 

Próximo Post