Assistência Social do Rio acolheu 151 pessoas por conta do frio intenso

Em 48 horas, equipes realizaram 559 atendimentos às pessoas em situação de rua

Rio – A Secretaria Municipal de Assistência Social do Rio (SMAS) acolheu 151 pessoas nas últimas 48 horas por conta do frio intenso. Ao todo, as equipes de abordagem especializada realizaram, nesse período, 559 atendimentos de abordagem, assistência e acolhimento às pessoas em situação de rua de bairros de todas as regiões da cidade.

Desde o anúncio da onda de frio, a secretária titular da pasta, Laura Carneiro, determinou o reforço das equipes para ampliar o atendimento emergencial. As abordagens especializadas já são realizadas em três turnos (de manhã, à tarde e à noite), e desde o último dia 23, mais de 100 funcionários estão se revezando no serviço.

Dos 32 bairros percorridos, oito foram visitados nos dois dias, sendo eles Cascadura, Centro, Copacabana, Madureira, Marechal Hermes, Méier, Penha e Tijuca. Em bairros com muita concentração de população de rua, as ações aconteceram mais de uma vez. Em Copacabana e no Centro foram quatro, cada, e no Leme foram três.

O Centro Pop Bárbara Calazans, no Centro do Rio, e o Centro de Referência Especializado (Creas) Maria Lina, em Laranjeiras, seguem funcionando 24 horas por dia, pelo menos até este sábado (31). Os espaços oferecem alimentos, água, roupas de frio e cobertores, e encaminham a população em situação de rua para os abrigos.

O fim de semana ainda será de termômetros marcando baixas temperaturas na cidade. A previsão do Centro de Operações Rio é que a temperatura varia com mínima de 11ºC e máxima de 24ºC no sábado, e mínima de 12º C e máxima de 27º C no domingo. A Marinha do Brasil emitiu alerta de ressaca e as ondas podem chegar a até 4 metros.

A Campanha do Agasalho, que esta semana distribuiu 1 tonelada de peças de inverno como casacos, meias e cobertores para os abrigos, foi reaberta neste período de frio intenso. Quem tiver agasalhos para doar pode deixá-los nos dois pontos abertos 24 horas, nos 14 Creas e na sede da própria prefeitura, na Cidade Nova, tanto no prédio principal como no anexo. O Iplan-Rio se juntou à campanha enviando peças de inverno feitas por seus funcionários para os abrigos da prefeitura, além de prosseguir na própria campanha de arrecadação.

Serviço

– Centro Pop Bárbara Calazans: Rua República do Líbano, nº 54, Centro.
– CREAS Maria Lina de Castro Lima: Rua São Salvador, nº 56, 2º andar, Laranjeiras.

Via: O Dia
Próximo Post