quinta-feira, 28 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Após Rio anunciar flexibilização, cidades da Região Metropolitana vão manter restrições

Municípios como Itaboraí, Duque de Caxias, Magé, Belford Roxo e Nova Iguaçu seguem com os decretos municipais restritivos, como uso da máscara e distanciamento social

Rio – A Prefeitura do Rio anunciou, na quinta-feira (29), um plano de flexibilização que prevê o fim das medidas restritivas em combate à covid-19 progressivamente a partir de três etapas. No entanto, mesmo após a decisão de Eduardo Paes, cidades da Região Metropolitana vão manter os decretos municipais restritivos, como o uso de máscaras e o distanciamento social, ainda que com o número de internações e mortes.

Segundo a Prefeitura de Itaboraí, a cidade registra baixo risco de contágio de covid-19 e avançou para a Bandeira Amarela. Por isso, foi determinado estado de flexibilização com normalização parcial no município. Mas, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, devem ser mantidos os protocolos de higiene e o uso correto de máscara de proteção facial segue obrigatório.

“Essa mudança é determinada levando em conta a taxa de ocupação de leitos, a taxa de óbitos comunicados por dia, a evolução do número de atendimentos diários na porta de entrada exclusiva do coronavírus, o percentual de testes realizados e o percentual de incidência de novos casos da doença”, informou a pasta.

No plano de retomada das atividades do município de Itaboraí, está previsto que a circulação e aglomerações devem ser evitadas e os locais públicos de lazer devem ter atividades restritas ou encerradas.

Já as atividades retomadas (lojas de rua, centros comerciais, feiras, comércio ambulante, atividades desportivas ao ar livre, academias e templos religiosos) estão autorizadas desde que respeitando limitações de espaço e protocolos de ambiente.

A Prefeitura de Duque de Caxias comunicou que estão em vigor no município as restrições determinadas pelo decreto nº 7.867, de 01 de abril de 2021, com as medidas de prevenção e enfrentamento da propagação ao contágio decorrente da covid-19 na cidade.

“Todas as atividades e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços podem funcionar desde que cumpram todos os protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias, de afastamento entre consumidores, disponibilização de álcool em gel, a obrigatoriedade do uso de máscara para clientes e funcionários e a sanitização permanente de superfícies onde haja contato humano”, informou a Prefeitura de Duque de Caxias.

O decreto municipal também autoriza a retomada parcial com um terço das ocupações das salas de teatro, salas de concerto, museus e centros culturais neste Município, desde que respeitadas todas as demais obrigações dispostas no mesmo. Autoriza ainda a realização de eventos culturais, de entretenimento e lazer, que poderão acontecer em espaços abertos, respeitando a limitação de 50% de sua capacidade de público.

Em Magé, as medidas preventivas seguem exigindo uso de máscara, disponibilização de álcool 70% e aferição de temperatura nos acessos aos estabelecimentos públicos e comerciais. Nesta semana, o Procon Magé realizou ações nos distritos para verificar o cumprimento das medidas preventivas à covid-19. “No momento, não há discussões no sentido de modificarem as medidas estabelecidas”, disse a Prefeitura de Magé.

As prefeituras de Belford Roxo e Nova Iguaçu informaram que também continuam com as medidas restritivas e não vão adotar nenhuma flexibilização.

Via: O Dia

Próximo Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *