quinta-feira, 21 de outubro de 2021
17 °c
Rio de Janeiro

Após denúncias de abuso sexual, juíza vai vistoriar nova unidade do Degase

Novo diretor do órgão se reúne nesta segunda-feira com a juíza Lúcia Mothe Glioche, que determinou o afastamento de cinco agentes e do antigo diretor

Rio – O novo diretor do Departamento de Ações Socioeducativas (Degase), tenente-coronel da Polícia Militar, Marcelo Ramos do Carmo, se reúne na tarde desta segunda-feira (5) com a juíza Lúcia Mothe Glioche, titular da Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas do Rio, que determinou o afastamento de cinco agentes e do antigo diretor do órgão, na semana passada, por suspeita de abuso sexual contra adolescentes internas da unidade socioeducativa feminina Professor Antônio Carlos Gomes da Costa, na Ilha do Governador. O encontro acontece no Centro de Socioeducação Gelso de Carvalho Amaral, também na Ilha do Governador, unidade que recebeu no último sábado as 19 meninas, com idades entre 13 e 19 anos. A magistrada, acompanhada de representantes da Defensoria Pública, irá vistoriar a nova unidade.

O local será administrado por uma mulher. Aos 53 anos, Mariza Werneck, agente de segurança socioeducativa que já foi diretora-adjunta do Departamento Geral de Ações Sócioeducativas, assume a unidade feminina.

Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *