20 °c
Nilopolis

Alerj vota relatório final da CPI do RioPrevidência nesta sexta-feira

Documento identificou desmonte no órgão que gerou prejuízo de mais de R$ 17 bilhões durante a gestão de Cabral e Pezão

Rio – A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Rioprevidência decidirá em votação, nesta sexta-feira o destino do relatório final na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Ao longo dos quase dois anos de  CPI, a comissão, que é presidida pelo deputado estadual Flavio Serafini (PSOL), investigou o desmonte da previdência social do Rio de Janeiro responsável por deixar milhares de aposentados sem pagamento, principalmente no fim do governo Cabral. A votação está marcada para começar às 13h30. 

De acordo com o relatório, durante o período de 2007 a 2018, a prática de gestão temerária e fraudulenta à frente do governo do Rio de Janeiro e das secretarias de Fazenda, Planejamento e Gestão, e da direção executiva do Rioprevidência, resultou em uma série de problemas. O ponto central é o prejuízo que ultrapassa a cifra dos R$17 bilhões.

Ainda segundo o documento, o prejuízo foi provocado pelos governos de Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, que teriam onerado o Fundo de maneira proposital.

Próximo Post